Formação jornalística, velhos tempos de Casoy

Comunique-seBoris Casoy afirma que jornalismo pode ser exercido por qualquer pessoa

O jornalista Boris Casoy considera que para trabalhar com comunicação não precisa de diploma de ensino superior. Com 56 anos de jornalismo, o apresentador não tem formação na área e afirmou que a exigência da graduação não se faz necessária. A declaração do âncora do ‘Jornal da Band’ foi feita durante o talk show comandado por Danilo Gentili na mesma emissora, o ‘Agora é Tarde’.

casoy_-_agora_e_tarde

Na avaliação de Casoy, que chegou a cursar até o último ano de Direito, quase todas as pessoas podem se tornar comunicadores. “Jornalista não precisa de diploma. O jornalismo pode ser exercido por qualquer pessoa, claro, que seja minimamente letrada. Não precisa ter diploma universitário, como era antes e funcionava muito bem”. Atuando na área desde os 15 anos de idade, o apresentador revelou que entrou no jornalismo com a ideia de que seria “um bico” até ir para outra profissão.

Ao sofrer de poliomelite quando tinha um ano, o jornalista também contou que a doença o fez se tornar apaixonado pelo rádio. Casoy comentou sobre sua coleção de aparelhos radiofônicos, formada por mais de 25 unidades, entre elas, o modelo do primeiro radinho que teve. Atualmente, ele apresenta o noticiário vespertino da Bandnews FM. Além do dial, o âncora comentou que ficou fascinado ao assistir televisão pela primeira vez – na década de 1950, quando estava nos Estados Unidos para ser operado da perna.

Apresentador e comentarista
Casoy falou sobre o seu estilo de comandar telejornal, mesclando as chamadas de reportagens com comentários. No início de sua carreira na TV, à frente do extinto ‘TJ Brasil’, do SBT, o jornalista afirmou que buscava seguir o modelo norte-americano de telejornais, produzido integralmente com informação. Ele, porém, percebeu que o noticiário ficava melhor com a inserção de comentários, o que se tornou a sua marca registrada na televisão.

 

Anúncios

Sobre Antonio S. Silva
Jornalista, mestre pela PUC/SP, doutor pela UnB e professor da (UFMT). Importante o diálogo para construir um país melhor.

Deixe o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: