A história das fontes, a realidade e os efeitos do jornalismo

Desta forma surge a pergunta inusitada em tempos de uma comunicação para a ética, de Vejas, Torres e Cachoeiras: quem tem o direito de fala? A comunicação realmente é democrática nos seus princípios? A pessoa que se expressa está imune as suas relações de pertencimento de grupos?

AS HISTÓRIAS estão sendo contadas por diferentes agentes na sociedade há milhares de anos, desde o surgimento do primeiro homem na terra, possivelmente. A partir delas o mundo vai ganhando contornos e formando identidades em diferentes regiões, cada qual com suas características e sua comunicação mediada. Com o passar do tempo e a inserção das novas tecnologias da informação, a sociedade passa fazer parte de um universo que se encolhe no espaço e tempo – um tema já repetido com insistência. O jornalismo passa a ser fundamental nas trocas comunicativas, que coloca a todos numa aldeia, de maneira que se tornam possíveis relatos rápidos e imediatos.

Clique AQUI e Leia Texto Completo

Anúncios

Sobre Antonio S. Silva
Jornalista, mestre pela PUC/SP, doutor pela UnB e professor da (UFMT). Importante o diálogo para construir um país melhor.

Deixe o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: