Clarín é notificado

Folha

A agência governamental argentina que regula a Lei de Mídia esteve ontem na sede do grupo Clarín para notificar o conglomerado da aplicação dos artigos antimonopólio que estavam suspensos.
O titular da Afsca (Autoridade Federal de Serviços de Comunicação Audiovisual), Martín Sabbatella, disse que o processo terá “vários passos”. “Primeiro vem esta notificação, depois a seleção de licenças e bens a serem levados a leilão, depois a transferência ao novo titular. Todo o processo levará cem dias úteis”, declarou.
A Afsca entrou em ação após a decisão da Justiça, na última sexta-feira, que concluiu que a Lei de Mídia é constitucional.
Por consequência, caiu a medida que o grupo Clarín havia obtido e que o desobrigava de abrir mão de licenças excedentes ao limite determinado pela lei.
Com a legislação efetivamente em vigor, o grupo fica obrigado a apresentar um plano de desinvestimento.
Anúncios

Sobre Antonio S. Silva
Jornalista, mestre pela PUC/SP, doutor pela UnB e professor da (UFMT). Importante o diálogo para construir um país melhor.

Deixe o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: