TV aberta vê fuga de audiência aos domingos

NODEBATE – Uma realidade já vista pelos brasileiros não somente uma atitude dos paulistas. Muitos programas apresentados na TV do país aos domingos é um convite a insensibilidade e falta de respeito com o público dos canais abertos. O mesmo do mesmo insistentemente, sem numa mudança que chega a séculos.

A falta de boas produções nos finais de semana na TV brasileira, de fato não resulta da carência de competentes profissionais, mas perspectiva de lucros, sendo que maiores produções exigem altos investimentos para a mesma audiência e patrocinadores. A concorrência como se vê entre as emissoras não existe, como se houvesse reunião para decidir o que não vai ser, a novidade.

O futebol, vá lá. Mas os cartolas vão tornando os clubes apenas empresas, cuja rentabilidade está na relação capital e trabalho, com espetáculo que segue os horários da TV Globo. Com dinheiro compra-se ilustres jogadores, e os times passam a cada torneio a ser uma vitrine, com troca sucessiva de atletas em desfile, que torna as equipes reconhecidas apenas pelos uniformes e seu símbolo, com perda de identidade. Uma pena.

Folha de S. Paulo

As poltronas em frente à TV aos domingos estão mais vazias. E quem ficou está correndo para os canais pagos. É o que mostra o nível de audiência de um dos horários mais disputados da TV brasileira, os domingos à tarde.

Com base nos índices de audiência ao longo dos 25 anos do “Domingão do Faustão” (Globo), o líder na faixa, é possível observar a fuga de público da TV aberta.

Em 2000, Fausto Silva registrava média de 20,9 pontos de audiência na Globo. Nasceu aí a guerra mais famosa de ibope, Faustão X Gugu, que registrou naquele ano média de 20,8 pontos com seu “Domingo Legal” (SBT).

Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande SP.

Em 2000, o percentual de televisores ligados no horário era de 60%. Atualmente, está em 51%. Nos primórdios da TV paga, a participação de canais pagos e em UHF no total de televisores ligados no horário era de 6%. Hoje, é de 21,9%.

Em 2001 e 2002, o “Domingão” chegou a alcançar média de 23,2 pontos, enquanto o “Domingo Legal” registrava média de 22,5 pontos. De lá para cá, os índices despencaram. Faustão perdeu cerca de 30% de seu público e registra em 2014 média de 15,3 pontos.

Já o SBT perdeu mais de 60% da audiência no horário e registra hoje 6,8 pontos na mesma faixa de horário.

Anúncios

Sobre Antonio S. Silva
Jornalista, mestre pela PUC/SP, doutor pela UnB e professor da (UFMT). Importante o diálogo para construir um país melhor.

Deixe o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: